COMO AJUDAR AS CRIANÇAS A AMAR APRENDER

por Dan Scott

Albert Einstein disse uma vez: “Eu não tenho nenhum talento especial. Eu sou apenas apaixonadamente curioso ”.

É bem sabido que Einstein nunca foi talhado para a sala de aula. Enquanto ele se destacou em muitos de seus estudos, a escola o deixou frustrado. Ele acabou abandonando a escola quando tinha quinze anos.

Deixando questão pessoal de Einstein com a escola de lado, ele tinha algo além do conhecimento dos livros que impulsionou sua descoberta do mundo. Ele tinha coragem, curiosidade e uma sede de aprendizado que o levou a brilhantes avanços na ciência e na matemática.

Embora saibamos que a maioria de nós não tem um Einstein vivendo sob nosso teto, queremos que nossos filhos tenham essa mesma sede de conhecimento. Como pais, esperamos que nossos filhos descubram uma paixão dentro deles para uma vida inteira de amor pela aprendizagem.

Esse amor pela aprendizagem começa em casa no ambiente que criamos para nossos filhos em cada fase de sua vida. Aqui estão algumas idéias a serem consideradas ao ajudar seus filhos a valorizar sua educação e desenvolver uma paixão por descobrir algo novo no mundo deles.

DEIXE-OS FAZER PERGUNTAS

Em algum momento, por volta dos dois ou três anos, as crianças começam a perguntar “por quê?” – o tempo todo. E isso praticamente não pára até que eles aprendam a usar o Google ou perguntem a Siri, e não precisem mais perguntar a você. Por mais frustrante que todas as perguntas “por que” possam ser, fazer perguntas é uma coisa boa. Maravilhamento e curiosidade são algo construídos dentro do nosso DNA, mas é algo que deve ser cultivado ao longo de nossas vidas. Dar às crianças a oportunidade de fazer perguntas e aproveitar seu senso natural de maravilhamento, permite que elas saibam que as perguntas são uma parte importante do aprendizado e da descoberta.

ENGAJE EM SEUS INTERESSES

Sejamos honestos. Nem todo garoto ama a escola ou a aprendizagem, especialmente quando eles lutam com certos assuntos. Outras vezes, as crianças simplesmente não têm interesse no que estão sendo ensinadas. Alguns gravitam em direção à matemática e à ciência, enquanto outros se destacam nas ciências humanas. Jogue com os pontos fortes de seus filhos e se envolva em seus interesses. Encontre uma maneira de ajudá-los a aprender o que não lhes interessa muito, aproveitando o que os atrai. Todas as crianças são conectadas por diversão, então transforme o momento de aprendizagem em algo divertido. Quando nos envolvemos com os interesses deles e nós valorizamos, incentivamos o amor pela aprendizagem ao longo da vida em uma área onde eles podem ter sucesso colhemos os frutos disso quando se tornam adultos.

PERMITA ERROS

Certa vez, uma professora nos disse que realmente gosta quando os alunos cometem erros, porque isso lhe dá uma ideia de como eles estão aprendendo e o que ela precisa fazer para ajudá-los a ter sucesso. Quando as crianças percebem que todos cometem erros quando estão aprendendo algo novo e isso faz parte do aprendizado, elas começarão a valorizar o processo. As crianças não terão medo de experimentar e experimentar coisas novas quando o peso da perfeição não é alto. Então crie uma cultura em sua família onde todos estão tentando coisas novas e onde o “fracasso” é visto como um momento de aprendizagem. Mesmo que você não seja bem-sucedido na primeira vez – ou na décima vez -, você está aprendendo e crescendo, e esperamos ter algum divertimento em família ao longo desse caminho.

 

APRESENTE MODELO NA APRENDIZAGEM

É difícil esperar que nossos filhos valorizem o aprendizado se não demonstrarmos que valorizamos isso em nossas próprias vidas. Converse com seus filhos sobre o que você está descobrindo enquanto lê ou quando está concluindo projetos de trabalho. Aprenda algo novo e traga seus filhos para o processo. Faça perguntas e busque coisas juntos, leia livros ou assista às palestras do TED e discuta durante o jantar. Faça da aprendizagem uma parte regular da sua vida em casa.

INTERAJA COM OS PROFESSORES

Mesmo que seus filhos pareçam estar indo bem na escola, procure seus professores. Seja voluntário na sala de aula do seu filho. Descubra o que seus filhos estão aprendendo e tenha conversas significativas sobre a escola. Fora de casa, a escola é onde eles passam a maior parte do tempo. Então, faça parcerias com professores para ajudar seus filhos a terem a melhor experiência possível. Isso também constrói pontes com os professores. Se surgir alguma coisa que precise ser abordada, você tem alguma equidade relacional que o ajudará a navegar bem nessas conversas.

Você pode descobrir sua própria maneira de ajudar seus filhos a valorizar o aprendizado. No entanto, enquanto faz isso, mantenha sempre o espírito de diversão. Aprender algo novo ajudará você a se tornar melhor naquilo que fizer. Isso é algo para comemorar. Ajude a tornar o aprendizado agradável e algo que seus filhos se esforçarão para fazer o resto de suas vidas.

 

Traduzido por Sergia Kelling dia 6 de abril de 2018.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *